Diálogos Federativos | projetos
Acesso à informação
0 Projetos municipais de inclusão de catadores serão premiados
3 anos atrás
em Notícias

As boas práticas de municípios e consórcio intermunicipais de inclusão dos catadores de materiais recicláveis poderão ser premiadas na 2ª edição do Prêmio Cidade Pro-Catador. A iniciativa promovida pela Secretaria-Geral da Presidência da República e Fundação Banco do Brasil com o apoio do Ministério do Meio Ambiente e Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) recebe inscrições até 5 de setembro.

Cada município pode inscrever uma iniciativa, atendendo aos critérios e requisitos exigidos pelo Edital.

(MAIS…)

Compartilhe:

2 Aliança de Cidades lança chamada para financiamento de projetos do Fundo Catalisador
3 anos atrás
em Notícias


As propostas devem ter como objetivo aprofundar o envolvimento dos cidadãos nos sistemas de finanças municipais

A Aliança de Cidades (Cities Alliance, em inglês) lançou uma chamada para financiamento de projetos da edição 2014 do Fundo Catalisador (Catalytic Fund), que visa incentivar iniciativas para fortalecer e promover o papel das cidades na redução de pobreza e no desenvolvimento urbano sustentável. As inscrições ficam abertas até 30 de junho.

Em 2014, os projetos devem estar relacionados ao tema “Conheça sua cidade: Informações para a transformação”, além de abranger uma das seguintes áreas: conheça os bens e financiamentos de sua cidade; conheça seus cidadãos; conheça tudo sobre sua cidade e seus eleitores; conheça o futuro potencial da sua cidade e conheça os problemas emergentes.

(MAIS…)

Compartilhe:

0 Delegação da União Europeia no Brasil lança edital de apoio financeiro a projetos de estados e municípios
3 anos atrás
em Notícias

Os projetos deverão estar focados no desenvolvimento econômico e social das populações locais em situação de vulnerabilidade social

UE Bandeiras

A Delegação da União Europeia no Brasil publicou o edital do Programa “Atores não Estatais e autoridades Locais em Desenvolvimento” que irá financiar projetos de estados e municípios que promovam a inclusão das populações locais em situação de vulnerabilidade social. O objetivo é incentivar a redução da pobreza e a promoção do desenvolvimento sustentável, estimulando o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) e outras metas internacionalmente acordadas.

Cada projeto poderá receber entre 100 mil e 300 mil euros, cerca de 900 a 3 milhões de reais, com contrapartida mínima de 10% do valor total do projeto. Serão aceitas até duas propostas por instituição. Entre os critérios de seleção estão iniciativas que atendam aos seguintes requisitos:

– Contribuição para o acesso e a melhoria na qualidade dos serviços básicos como educação, saúde, trabalho, proteção social, moradia, água, saneamento, mobilidade e acessibilidade urbana;

– Incentivo à qualificação profissional e a geração de renda das populações em situação de pobreza ou extrema pobreza;

– Prevenção ao uso de drogas e reabilitação de dependentes químicos; e

– Promoção da qualidade de vida das mulheres em situação de pobreza.

(MAIS…)

Compartilhe: